Governo apoia criação de indústria de transformação de pescado em Santa Maria

Governo apoia criação de indústria de transformação de pescado em Santa Maria

 

Lusa/AO Online   Regional   26 de Jul de 2018, 09:29

O Governo Regional dos Açores anunciou na quarta-feira, em Santa Maria, que vai apoiar a criação de uma unidade industrial de transformação de produtos de pesca na ilha, que prevê a criação de 31 postos de trabalho.

O executivo açoriano reconheceu como Projeto de Interesse Regional a “construção, na ilha de Santa Maria, de uma unidade industrial de grande capacidade de transformação de diversas espécies de atum e de outros produtos de pesca e de aquicultura para conserva”, um empreendimento que deverá criar 31 postos de trabalho diretos e que envolve um investimento de 4,1 milhões de euros, esclareceu o secretário regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias.

A decisão foi tomada em Conselho de Governo e comunicada por Berto Messias, na quarta-feira, segundo e último dia da visita oficial do governo regional à ilha.

Foi também anunciada a abertura de um concurso público para a reabilitação do edifício do Centro de Saúde de Velas, em São Jorge, para o qual se prevê um investimento de cerca de 1,4 milhões de euros.

Esta é uma iniciativa que já tinha sido tomada, mas que foi chumbada pelo Tribunal de Contas e que o governo retoma agora.

Ainda na área da saúde, está prevista a abertura de um concurso para a aquisição de um equipamento de ressonância magnética 3T para o Hospital Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, que tem um custo estimado de 1,1 milhões de euros.

Esta aquisição enquadra-se no “caminho de modernização dos equipamentos do Serviço Regional de Saúde, com vista a garantir mais qualidade na prestação dos cuidados de saúde à população açoriana”.

O Conselho de Governo reuniu na ilha de Santa Maria, de acordo com o estipulado no Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma dos Açores, que dita que o executivo deve visitar e reunir em todas as ilhas onde não estão sedeados órgãos do governo, pelo menos uma vez por ano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.