Reino Unido

Governo aperta controlo de movimentos de pedófilos


 

Lusa / AO Online   Internacional   21 de Ago de 2008, 06:40

O Reino Unido vai apertar o controlo dos movimentos dos pedófilos, anunciou quarta-feira a ministra britânica do Interior, Jacqui Smith, acrescentando que será promulgada uma lei com esse efeito.


    As novas medidas legislativas, já aplaudidas pelos defensores dos direitos das crianças, contemplam a proibição de os abusadores sexuais de menores de viajarem para o estrangeiro, por um período até cinco anos, e a obrigação de avisarem antecipadamente a polícia sobre as suas saídas do país.

    Actualmente, a lei permite que as autoridades impeçam uma pessoa incluída no registo oficial de pedófilos do Reino Unido de sair do país num prazo máximo de seis meses.

    De acordo com as novas regras, a polícia poderá também confiscar imediatamente o passaporte dos abusadores privados para que não viajem para o estrangeiro.

    O governo britânico está a avaliar ainda a possibilidade de aumentar de 16 para 18 anos a idade limite dos menores que podem correr risco de serem vítimas de um pedófilo.

    O registo de abusadores sexuais de menores no Reino Unido inclui cerca de 30 mil nomes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.