Crise

Falta de confiança entre bancos leva a recorde de depósitos no BCE

Falta de confiança entre bancos leva a recorde de depósitos no BCE

 

Lusa/AO online   Economia   5 de Dez de 2011, 10:24

Os depósitos dos bancos no Banco Central Europeu (BCE) registaram hoje, pela terceira vez consecutiva, o maior aumento desde há 18 meses, o que mostra a gravidade da crise de confiança no sistema financeiro europeu.
No total, os bancos da zona euro depositaram desde sexta-feira 332,7 mil milhões de euros no BCE, sendo que na noite de quinta para sexta-feira depositaram 313 mil milhões de euros e na véspera 304 mil milhões.

O recorde absoluto, de 384,3 mil milhões de euros, data de Junho de 2010.

Estas somas elevadas mostram que os bancos da zona euro não têm confiança uns nos outros. Habitualmente, cada banco dispõe todos os dias de liquidez suficiente para emprestar àqueles que precisarem, mas a crise das dívidas na Europa travou o sistema.

Agora, os bancos preferem fazer aplicações seguras no BCE, mesmo que recebam menos juros, já que a taxa está actualmente nos 0,50 por cento.

A título de comparação, a taxa de referência 'Eonia' para empréstimos diários entre bancos da zona euro era 0,725 por cento na sexta-feira.

Na semana passada, os bancos aplicaram no BCE 265 bilhões de euros, tendo somado 38 mil milhões de euros durante três últimos meses.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.