Açoriano Oriental
Estabilização do quadro médico do Centro de Saúde preocupa Conselho de Ilha

Na ilha  das Flores onde a questão demográfica é o “maior problema”, é pedido ao Governo Regional que continue a apostar “na melhoria do acesso às consultas da especialidade fora da ilha” e a “estabilizar o quadro médico do Centro de Saúde”, assim como dotá-lo com mais profissionais de outras áreas.

Estabilização do quadro médico do Centro de Saúde preocupa Conselho de Ilha

Autor: Lusa/ACM


Os conselheiros da ilha que ostenta o galardão de Reserva da Biosfera pedem ainda, entre outras solicitações, a limpeza coordenada dos trilhos, o combate às infestantes e a limpeza das bermas e taludes das estradas regionais.

Na habitação, setor que “continua a ser uma dor de cabeça”, defende-se que o executivo crie “condições excecionais para a primeira habitação no que respeita a casais jovens” e que sejam aproveitadas casas da Região Autónoma que se encontram devolutas, para albergar profissionais de saúde, professores ou forças de segurança.

O Conselho de Ilha é um órgão consultivo do Governo Regional dos Açores composto pelos presidentes das câmaras e assembleias municipais da ilha, por quatro membros eleitos de cada assembleia municipal, por três presidentes de junta de freguesia, um representante do Governo Regional (sem direito a voto) e vários membros das organizações sociais, ambientais, culturais e empresariais da ilha.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados