Educação

Escola de surdos dentro de uma escola de ouvintes

Escola de surdos dentro de uma escola de ouvintes

 

Paula Gouveia   Regional   13 de Nov de 2009, 17:50

É o primeiro ano lectivo que está a funcionar como escola de referência de surdos. E, por essa razão, no Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa, os deputados socialistas visitaram a Escola Básica Integrada de Arrifes, em Ponta Delgada, para testemunharem no local a concretização do projecto de resolução - apresentado pelo grupo parlamentar do PS - de criação da escola de referência de surdos, explicou a parlamentar Nélia Amaral.
A visita começou pela EB/JI Cardeal Nunes, em pleno intervalo da manhã, com as crianças a ocuparem o recreio animado e barulhento, isto apesar da Língua Gestual Portuguesa estar presente em todo o edifício - a começar pela entrada - com sinalética original, feita na própria escola e, na qual os alunos são protagonistas. 

As fotografias de alunos a fazerem os gestos correspondentes às palavras escritas em pequenas placas colocadas logo abaixo são o primeiro sinal de que estamos numa escola apostada na integração dos alunos surdos.

Alunos que fomos encontrar no refeitório em animada conversa com professoras e técnicas que sabem a Língua Gestual Portuguesa, e que tentaram também ensinar algumas frases aos visitantes.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Sábado, Dia 14 de Novembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.