Dois concelhos em risco máximo, 20 em muito elevado

Dois concelhos em risco máximo, 20 em muito elevado

 

AO Online/ Lusa   Nacional   27 de Jul de 2019, 11:44

O concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, distrito da Guarda, e Castro Marim, distrito de Faro, apresentam este sábado um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco muito elevado de incêndio estão 20 concelhos: seis concelhos do distrito de Faro, o concelho de Marvão, no distrito de Portalegre, e seis no distrito de Bragança, quatro no distrito de Viseu e três no distrito da Guarda.

O risco de incêndio reduziu hoje em todo o país devido à previsão de chuva em alguns distritos do continente.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente períodos de chuva até meio da tarde, mais intensa no litoral norte e centro, além de vento forte, com rajadas, nas terras altas.

O céu geralmente muito nublado, apresentando-se pouco nublado no Algarve até início da manhã, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da tarde.

São esperados períodos de chuva no litoral norte e centro, estendendo-se às restantes regiões, onde será fraca, e passando gradualmente a regime de aguaceiros, fracos e pouco frequentes, a partir do meio da tarde.

O vento soprará fraco a moderado (até 30 km/h) de oeste, soprando moderado a forte (até 45 km/h) nas terras altas, temporariamente com rajadas até 75 km/h, rodando para noroeste a partir do meio da tarde e enfraquecendo.

É esperada uma pequena descida da temperatura máxima no Baixo Alentejo e no Algarve.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 10 graus Celsius (na Guarda) e os 18 (em Faro) e as máximas entre os 21 (na Guarda e em Viseu), os 22 no Porto e em Vila Real e os 26 (em Beja, Évora e Setúbal).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.