Paquistão

Diplomata iraniano raptado em Peshawar


 

Lusa/AOonline   Internacional   13 de Nov de 2008, 17:12

Um diplomata iraniano foi raptado por homens armados em Peshawar, um dia depois de um trabalhador humanitário norte-americano ter sido morto na mesma cidade, no noroeste do Paquistão, anunciaram responsáveis policiais.
Heshmatollah Atharzadeh conduzia numa ponte estreita, quando dois homens armados bloquearam o carro em que seguia e abriram fogo, matando os guarda-costas e raptando o diplomata, disse um investigador policial de Peshawar, citando testemunhas.

    A acção não foi ainda reivindicada e as autoridades paquistanesas prometeram tomar "todas as medidas necessárias" de forma a recuperar Heshmatollah Atharzadeh.

    Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiro do Irão, Hasan Qashqavi, classificou o rapto como um "acto terrorista".

    Na quarta-feira foi morto a tiro o norte-americano Stephen Vance, que trabalhava para a CHF International - uma organização de ajuda humanitária envolvida em projectos de construção de infra-estruturas básicas, como poços, clínicas e estradas nas áreas tribais fronteiriças de Peshawar.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.