Açoriano Oriental
Covid-19
DGS diz que neste momento não se justifica medidas especiais

A Diretora-Geral da Saúde afirmou que, neste momento, não há indicação para “medidas especiais”, como um confinamento, em nenhuma região do país porque apesar de os números da covid-19 estarem a subir, não há um "aumento exponencial".

DGS diz que neste momento não se justifica medidas especiais

Autor: Lusa/AO Online

“Neste momento as indicações que há em Portugal e nos outros países” é adaptar as medidas aos parâmetros locais da epidemia, mais do que medidas que abrangem todo o país de forma uniforme, disse Graça Freitas na conferência regular sobre a covid-19 quando interrogada sobre se estão a ser ponderados confinamentos em alguns locais do país para conter a disseminação do vírus SARS-CoV-2, o novo coronavírus que provoca a doença covid-19.

Contudo, o último relatório da situação epidemiológica da covid-19 no país indica que “todos os concelhos, neste momento, estão abaixo dos 20 casos por 100 mil habitantes o que nos dá alguma tranquilidade”.

“Apesar dos números, não estamos num crescimento exponencial”, observou Graça Freitas.

Contudo, lembrou, “a incidência não é o único parâmetro que é avaliado”. São avaliados outros parâmetros nomeadamente o Rt (risco de transmissibilidade) e as características sociais e demográficas das áreas onde ocorrem os casos.

No entanto, reiterou, são medidas tomadas “a nível micro, a nível local, podem abranger um bairro, uma freguesia um concelho e, portanto, as autoridades de saúde locais, as autoridades municipais, a Proteção Civil têm aqui uma palavra a dizer nesta avaliação do risco”.

Do ponto de vista macro, “não há indicação para medidas especiais”, mas a situação está a ser acompanhada disse Graça Freitas.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.