Crise

Dalai Lama identifica especulação e avareza como causas do problema

Dalai Lama identifica especulação e avareza como causas do problema

 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Set de 2011, 10:41

O líder espiritual tibetano identificou hoje a especulação e a avareza como causas da crise internacional e defendeu o desempenho das profissões com ética e princípios morais.
O Dalai Lama, que está no Brasil, discursava perante empresários brasileiros, garantiu que foi o “dinheiro que criou a crise” e acrescentou que, quando questiona os seus amigos analistas e peritos em economia sobre a origem da recessão, lhe respondem que deriva da avareza, especulação e ignorância.

Intervindo no seminário “Nova consciência nos negócios. Valores para um mundo sustentável” que decorreu em São Paulo, o Dalai Lama disse também ser necessário desenvolver um método “efectivo quando se enfrenta uma crise” salientando existirem limites no consumo e nas possibilidades de crescimento de uma economia.

“É melhor que tenhamos na cabeça que existe um limite”, disso ao salientar ainda que o fosso entre ricos e pobres existe em todo o mundo, “incluindo na China” que sendo um país comunista defende a distribuição igualitária da riqueza.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.