Conselho de Ilha de Santa Maria denuncia "constrangimentos" nos cuidados de saúde

Conselho de Ilha de Santa Maria denuncia "constrangimentos" nos cuidados de saúde

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Abr de 2019, 09:09

O Conselho de Ilha de Santa Maria, que irá reunir esta segunda-feira com o Governo dos Açores, apresentou ao executivo um memorando com "problemas e constrangimentos" na área da saúde que, advoga o órgão, devem ter "solução ou alternativa".

De acordo com o documento, a que a agência Lusa teve acesso, são apresentados 15 tópicos no campo da saúde, nomeadamente o "número reduzido de lugares nos voos da SATA para utentes" da unidade de saúde local, o que "obriga ao atraso de consultas e impossibilita a viagem de acompanhantes."

"A proposta do Conselho de Ilha é reservar-se mais lugares para a unidade de saúde de ilha, aumentando-se, também, a frequência e a capacidade instalada de transporte de passageiros, sobretudo, entre as ilhas de Santa Maria e São Miguel; dar-se prioridade em lista de espera a acompanhantes de doentes é também uma solução a ter em conta", pedem os conselheiros.

O conselho denuncia ainda a "falta de conciliação de consultas nos utentes deslocados a Ponta Delgada, que obriga a ficar vários dias em São Miguel, ou até a deslocações consecutivas na mesma semana", propondo o órgão mariense "a marcação de uma sucessão de consultas para um só dia, criando-se a figura do «Assistente do Utente»".

O "quadro de médicos em número insuficiente, que não garante consultas de família diárias, nem um serviço de urgência de 24 horas", e as "horas de espera no atentimento urgente, que sendo excessivas causam grande transtorno nos utentes", são também preocupações levantadas no documento entregue ao Governo açoriano, que entre hoje e quarta-feira se desloca a Santa Maria em visita estatutária.

O memorando elenca ainda preocupações e questões em matérias como educação, acessibilidades ou turismo.

"Desde a última visita estatutária, no passado verão, fomos esperando a execução dos compromissos plasmados no comunicado de governo de 25 de julho de 2018, mantendo a expectativa quanto a uma série de investimentos necessários para a ilha de Santa Maria", prossegue ainda o texto.

O Governo dos Açores visita entre hoje e quarta-feira de manhã a ilha de Santa Maria, no âmbito das deslocações oficiais previstas no Estatuto Político-Administrativo da região.

Está prevista para hoje a assinatura de um protocolo entre a Unidade de Saúde de Ilha de Santa Maria e o Hospital de Ponta Delgada que visa a criação de uma reserva de sangue naquela parcela.

O presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, visita as obras que estão a decorrer de reabilitação do Cinema do Aeroporto, de cerca de 4,5 milhões de euros, integrado na requalificação do património histórico da ilha, bem como o local onde será construído o Parque Fotovoltaico de Santa Maria.

O primeiro dia da deslocação termina com as reuniões do Governo dos Açores com o Conselho de Ilha de Santa Maria e do Conselho do Governo, estando agendado para terça-feira um encontro com a presidente da Agência Espacial Portuguesa, Chiara Manfletti, bem como uma visita às obras para a instalação da nova antena da Agência Espacial Europeia (ESA), no Monte das Flores.

O programa desta visita estatutária inclui ainda as visitas dos membros do Governo a diversos investimentos em curso na ilha, além de reuniões com várias entidades de Santa Maria.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.