Automóvel

Compra de carros agrava-se devido à crise e dificuldades de crédito


 

Lusa/AO online   Economia   3 de Out de 2011, 18:44

A compra de carros em Portugal está em queda desde o início do ano devido ao abrandamento do consumo e à dificuldade de acesso ao crédito, uma situação que já fez perder ao sector cerca de 681,4 milhões de euros até Setembro.
Segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), divulgados hoje, o mercado de ligeiros de passageiros está a cair 23,5 por cento nos primeiros nove meses do ano, quando comparado com o mesmo período do ano passado, representando uma quebra de 37.859 carros novos.

A empresa Fleetdata, especializada no mercado automóvel, indica que o valor médio pago por um carro novo em Portugal é de 18 mil euros, o que quer dizer que os cerca de 38 mil carros novos que deixaram de ser vendidos entre 2010 e 2011 correspondem a uma quebra de receita de 681,4 milhões de euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.