Coimbra investe seis milhões de euros em 14 autocarros elétricos

Coimbra investe seis milhões de euros em 14 autocarros elétricos

 

Lusa/Ao online   Nacional   20 de Out de 2018, 03:47

A Câmara de Coimbra projeta investir cerca de seis milhões de euros em 14 autocarros elétricos e respetivos sistemas de carregamento e de assistência técnica para os transportes públicos do município.

Para a aquisição dos novos veículos, cinco dos quais autocarros e nove miniautocarros, a Câmara prevê contar com a participação de fundos europeus, através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), cuja proposta de candidatura vai ser debatida e votada na próxima reunião do executivo municipal, agendada para segunda-feira.

Trata-se de aproveitar a “oportunidade recentemente criada com o aviso para a apresentação de candidaturas” àquele programa para “promoção da eficiência energética nos transportes coletivos de passageiros incumbidos de missões de serviço público”, afirma a Câmara de Coimbra, numa nota enviada hoje à agência Lusa.

O aviso, que pretende “incentivar o uso de veículos mais eficientes e que utilizem fontes de energia com melhor desempenho ambiental”, possibilita uma candidatura dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), sublinha a autarquia, indicando que a administração da empresa já aprovou a candidatura por unanimidade.

Além da compra dos “cinco autocarros elétricos ‘standard’, de 12 metros”, e dos “nove miniautocarros elétricos, de seis metros”, a proposta da Câmara prevê a instalação, nas garagens dos SMTUC, de “um novo transformador, dedicado ao carregamento das viaturas elétricas” e a contratação de “assistência técnica específica para o projeto e monitorização dos resultados”.

Com este investimento, a Câmara de Coimbra quer “renovar a frota com veículos com melhor desempenho ambiental e reduzir, assim, o impacto negativo das emissões de gases com efeito de estufa e de outros poluentes atmosféricos”.

“Por cada novo autocarro elétrico recebido”, os SMUTC comprometem-se, ainda, a “abater um autocarro em fim de vida”, assegura a autarquia.

Este investimento, estimado em cinco milhões e 959 mil euros – imposto sobre o valor acrescentado (IVA) incluído – poderá ter uma comparticipação de fundos comunitários da ordem dos dois milhões e 660 mil euros (mais IVA), adianta a Câmara, indicando que o valor restante será financiado pelo município.

“Nos últimos cinco anos, a Câmara de Coimbra adquiriu mais de 40 autocarros, dois dos quais híbridos e 10 elétricos”, que representaram um investimento da ordem dos nove milhões de euros, refere a autarquia, salientando que o município suporta “integralmente o custo social” dos transportes urbanos na cidade e concelho, que é superior a cerca de “nove milhões de euros anuais”.

A frota dos SMTUC tem um total de cerca de 110 autocarros urbanos, cinco troleicarros (em serviço em duas linhas na zona histórica e cultural da cidade), nove miniautocarros, três miniautocarros elétricos (Linha Azul), cinco viaturas adaptadas (Transporte Especial), um autocarro de turismo (Cidade de Coimbra) e um miniautocarro de turismo.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.