Venezuela

Cinco países querem investigação a "violações" dos Direitos Humanos

Cinco países querem investigação a "violações" dos Direitos Humanos

 

Lusa/Ao online   Internacional   22 de Set de 2018, 03:27

Cinco países da América Latina vão pedir ao Tribunal Penal Internacional que sejam investigadas denúncias de crimes “que lesam a humanidade” e alegadas “violações sistemáticas de Direitos Humanos” na Venezuela.

A decisão do Peru, Argentina, Chile, Colômbia e Paraguai foi anunciada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros peruano, Néstor Popolizio e, a concretizar-se, será a primeira vez que há uma denúncia conjunta contra um Governo da América Latina.

Segundo Néstor Popolizio o pedido será feito na próxima terça-feira, através de uma carta na qual responsabilizam o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por "violações dos Direitos Humanos, de maneira sistemática, especificamente por crimes que lesam a humanidade".

O pedido será acompanhado dos relatórios que um grupo de peritos entregam na Organização de Estados Americanos (OEA) e de um relatório elaborado pelo Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

"Isto abre, automaticamente, uma possibilidade para que a procuradora e o Tribunal Penal Internacional, tenham um procedimento mais acelerado", frisou Néstor Popolizio.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.