Câmara de Ponta Delgada aprova revisão orçamental de 500 mil euros

Câmara de Ponta Delgada aprova revisão orçamental de 500 mil euros

 

Lusa/AO online   Regional   18 de Set de 2019, 18:50

A Câmara Municipal de Ponta Delgada aprovou hoje por maioria, com abstenção da vereação do PS, em reunião do executivo, a 2.ª revisão do atual orçamento, de cerca de 500 mil euros.


Em comunicado, a câmara açoriana explica que foi aprovada, com a abstenção da vereação do PS, a 2.ª revisão orçamental “com vista à assunção de compromissos plurianuais, incluindo novos projetos de investimento ou a sua reprogramação, contratos de locação, acordos de cooperação técnica e financeira com os municípios e parcerias público-privadas”.

“Esta revisão visa a redução da receita, em cerca de 500 mil euros, por via dos fundos comunitários”, prossegue a nota.

À Lusa, fonte da Câmara adiantou que esta verba é avançada para colmatar falhas de fundos comunitários que o município ainda não recebeu, nem está previsto que receba até ao final do ano.

Este valor servirá para financiar investimentos na área da educação, nomeadamente as obras nas escolas EB1/JI de São Pedro e EB1/JI de Fenais da Luz, na área do ambiente, com a aquisição de viaturas de recolha de resíduos sólidos urbanos e para a pavimentação de alguns arruamentos municipais.

A 18 de fevereiro, a Câmara aprovou, também por maioria, com a abstenção do PS, a 1.ª revisão orçamental da Câmara Municipal de Ponta Delgada e dos Serviços Municipalizados, não tendo sido, na altura, adiantado o montante dessa revisão.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PSD conseguiu cinco mandatos e o PS quatro.

O orçamento global do município de Ponta Delgada para 2019, aprovado em novembro de 2018, ascendia a 54,7 milhões de euros, dos quais 42,9 milhões dizem respeito ao orçamento da câmara e 11,9 milhões foram alocados aos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.