Taça UEFA

"Braga num grupo forte", reconhece Jorge Costa


 

Lusa / AO online   Futebol   9 de Out de 2007, 15:25

O treinador do Sporting de Braga, Jorge Costa, classificou hoje de forte o grupo em que a sua equipa ficou inserida na segunda fase da Taça UEFA em futebol, a disputar a partir do dia 25 de Outubro.
    O sorteio, realizado hoje em Nyon, na Suíça, ditou que o Sporting de Braga - único clube português ainda em prova - ficasse inserido no grupo F, juntamente com o Bayern Munique (Alemanha), Bolton Wanderers (Inglaterra), Estrela Vermelha (Sérvia) e Aris Salónica (Grécia).

    Em conferência de imprensa, realizada no Estádio Municipal de Braga após a realização do sorteio, Jorge Costa reconheceu ser "um grupo complicado e muito forte", mas "o calendário nem por isso".

    O Sporting de Braga, que deixou pelo caminho os suecos do Hammarby (com 5-2 nas duas mãos), joga em Inglaterra e na Grécia, recebendo o Bayern de Munique e o Estrela Vermelha.

    "Quem anda na Taça UEFA e na alta roda do futebol europeu deseja este tipo de jogos. São adversários que merecem todo o respeito, mas a ambição bracarense é a de lutar pela passagem", disse Jorge Costa.

    Quanto à possibilidade do Braga garantir o apuramento, o técnico lembrou que "três equipas são apuradas" e que o Braga, "no ano passado, com seis pontos, esteve a dois minutos de estar eliminado na última jornada", pelo que o importante é alcançar os sete pontos nesta fase de grupos.

    Mesmo tendo pela frente fortes equipas, Jorge Costa é de opinião que o Braga "tem algumas hipóteses", salientando, ainda, que gostaria de jogar em casa com o Bolton.

    "Mas vamos pensar jogo a jogo, com calma, com esperança de poder dignificar, mais uma vez, o clube, a cidade e o país, e tentar passar à fase seguinte", sublinhou.

    O técnico dos bracarenses lembrou que a sua equipa já não é "novata" em competições europeias - está na Taça UEFA pelo quarto ano consecutivo - e, por isso mesmo, parte mais confiante para esta fase de grupos.

    "Já sabemos o que é participar nas provas europeias, estamos mais confiantes, mais fortes e vamos certamente dar o melhor e tentar passar à fase seguinte", afirmou.

    Falando da difilculdade dos jogos, considerou que "todos são difíceis" e que defrontar o Bayern de Muique em Braga "é um jogo especial, porque se trata, provavelmente, da equipa mais forte da actualidade em termos europeus".
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.