Berta Cabral aceita derrota com "humildade democrática"

Berta Cabral aceita derrota com "humildade democrática"

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Out de 2012, 21:27

A candidata do PSD/Açores à presidência do Governo Regional, Berta Cabral, aceitou com "humildade democrática" a derrota nas eleições deste domingo e assumiu-a pessoalmente.

“Assumo a derrota pessoalmente”, disse Berta Cabral, na sua reação ao resultado das eleições regionais, na sede de campanha.

No seu discurso, a candidata e líder do PSD/Açores fez saber que vai assumir o seu lugar como deputada no Parlamento.

Berta Cabral escusou-se para já a falar do seu futuro político ao nível do partido, afirmando que “não é o tempo para tomar essas decisões”.

“O PSD em tempo próprio tomará as devidas decisões. Primeiro os resultados das eleições têm de ser analisados friamente”, referiu.

Afirmando que, “mesmo que a mensagem de esperança não tenha chegado à maioria do eleitorado”, Berta Cabral disse estar “muito orgulhosa do PSD/Açores pelo trabalho realizado”.

Enquanto discursava, a candidata estava ladeada pelo ex-presidente do Governo Regional Mota Amaral, pelos vice-presidentes e secretário-geral do partido a nível regional, pelo marido e pelo filho mais velho.

Presente na sede de campanha, o ex-presidente do Governo Regional João Bosco Mota Amaral não quis prestar declarações.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.