Azores Airlines deixa de viajar para Providence

Azores Airlines deixa de viajar para Providence

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   5 de Fev de 2019, 11:21

A transportadora aérea SATA/Azores Airlines vai deixar de viajar para Providence.

De acordo com comunicado, “a transportadora optou por descontinuar a ligação a Providence, considerando que a simultaneidade de oferta para destinos muito próximos, não se afigura comercialmente adequada, no momento”.


"O facto do aeroporto de Providence estar localizado na proximidade do aeroporto de Boston registando-se, por isso, sobreposição de áreas de captação de tráfego, bem como a imperiosa necessidade de proceder a ajustes na operação que venham a contribuir para a oferta de um serviço mais eficiente e pontual, contribuíram, sobremaneira, para que viesse a ser determinada a interrupção das ligações entre a rota Providence/Ponta Delgad /Providence", explica a transportadora aérea açoriana.

 

“Do ponto de vista estritamente comercial, a conectividade que o aeroporto de Boston assume na América do Norte é incomparavelmente maior do que a que apresenta o aeroporto de Providence”, lê-se na nota que acrescenta que esta conectividade acaba por oferecer aos passageiros que viajam na Azores Airlines, “a possibilidade de efetuarem ligações para outros pontos dos EUA ou, no sentido inverso, de fazerem escala em Boston com destino final aos Açores”.


Desta forma, entre os meses de junho e setembro de 20149, a Azores Airlines tem previsto a realização de 12 frequências semanais entre Boston e os Açores.


Estes voos serão operadas duas vezes ao dia, com exceção ao domingo e à segunda-feira, dias em que ocorre apenas uma frequência diária.


Explica a empresa que nestas 12 frequências semanais, dez têm origem/destino a Ponta Delgada (ilha de São Miguel) e duas com origem/destino às Lajes (ilha Terceira).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.