Açoriano Oriental
Avião que desapareceu dos radares na Indonésia com 62 pessoas a bordo

 O avião que fazia um voo interno, entre Jacarta e Pontianak, e que desapareceu hoje dos levava a bordo 62 pessoas, informou o ministro da Indonésia dos Transportes.


Autor: AO Online/ Lusa

Segundo Adita IraWati, o Boeing 737-500, da companhia aérea Sriwijawa Air, descolou de Jacarta às 13:56 locais (06:56 horas em Portugal continental) e às 14.40 horas locais (07:40 horas em Portugal continental), 46 minutos após a descolagem, perdeu o contacto com o Controlo de Tráfego Aéreo.

"O desaparecimento do avião está em investigação e a ser coordenado pela Agência Nacional de Busca e Resgate e pelo Comité Nacional de Segurança nos Transportes", revelou Irawati, em comunicado, citado pela agência de notícias norte-americana Associated Press (AP).

Também em comunicado, a companhia aérea Sriwijawa Air refere que o avião fazia um voo estimado de 90 minutos, de Jacarta a Pontianak, capital da província de West Kalimantan, na ilha Indonésia de Bornéu.

A bordo levava 56 passageiros e seis tripulantes, acrescenta a empresa.

A Indonésia, o maior arquipélago do Mundo, com mais de 260 milhões de habitantes, tem sido atormentada por acidentes de transporte terrestre, marítimo e aéreo, devido à sobrelotação, às infraestruturas envelhecidas e a padrões de segurança mal aplicados, diz ainda a AP.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.