Rússia

Autoridades russas proíbem "Mein Kampf" de Hitler


 

Lusa / AO online   Internacional   26 de Mar de 2010, 16:06

A Procuradoria-Geral da Rússia considerou esta sexta-feira o livro “Mein Kampf” (A Minha Luta) de Adolfo Hitler “literatura extremista” e proibiu a sua publicação e difusão no país.
“A obra do dirigente do Partido Nacional Socialista da Alemanha, principal criminoso de guerra nazi alemão, será incluída no Índex Federal de obras extremistas”, comunicou a Procuradoria.

O texto da principal obra de Adolfo Hitler em russo circula livremente na Internet. O livro não está exposto nas livrarias e bancas, mas, em algumas, é vendido de forma semi-legal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.