ASAE apreende em vários pontos do país cerca de 4.000 litros de vinho adulterado

ASAE apreende em vários pontos do país cerca de 4.000 litros de vinho adulterado

 

Lusa/Ao online   Nacional   6 de Abr de 2019, 17:24

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 4.000 litros de vinho adulterado em vários locais do território nacional durante uma investigação desencadeada nas últimas semanas sobre venda de vinho falsificado ou adulterado.

“Após recolher amostras direcionadas a um conjunto de vinhos disponíveis ao consumidor em espaços comerciais, esta Autoridade efetuou análises laboratoriais, tendo sido verificados lotes com inconformidades físico-químicas, com falta de requisitos (defeitos das características analíticas e organoléticas), sendo ainda determinado que alguns produtos teriam 'origem não vínica', incluindo a adição de corante sintético”, explica a ASAE, em comunicado.

A ASAE acrescenta que, “pelas fortes suspeitas de falta de genuinidade, os respetivos lotes de produtos foram identificados no circuito comercial, em operadores económicos localizados em vários pontos do território nacional, tendo sido apreendidos cerca de 4.000 litros de produto rotulado e apresentado comercialmente como 'vinho' (tinto e branco)”.

Esta apreensão, segundo a ASAE, “foi promovida cautelarmente”, no âmbito de dois inquéritos-crime abertos para investigar "o crime de produtos vitivinícolas anormais", incluindo a sua proveniência, produção e embalamento.

A ASAE sublinha que irá continuar a desenvolver a sua atividade "no sentido de prevenir situações suscetíveis de defraudar as legítimas expectativas do consumidor na autenticidade dos produtos bem como garantir a segurança alimentar dos mesmos e manter a confiança dos consumidores".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.