Visita de Putin dominada pela cultura e pela política

Visita de Putin dominada pela cultura e pela política

 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Out de 2007, 12:17

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, realiza quinta-feira uma visita oficial a Portugal dominada pelas questões culturais e políticas.
Vladimir Putin chega a Lisboa ao princípio da tarde de quinta-feira e segue directamente para o Mosteiro dos Jerónimos, para as cerimónias militares reservadas aos chefes de Estado e a habitual cerimónia de deposição de uma coroa de flores no túmulo de Camões.

Os presidentes de Portugal e da Rússia seguem depois para o Palácio de Belém para se reunirem, a partir das 15:55 (hora de Lisboa), estando previstas declarações à imprensa de ambos cerca das 16:30 (hora de Lisboa).

Depois de Cavaco Silva, Putin vai encontrar-se com o primeiro-ministro português, José Sócrates, no Palácio de São Bento às 16:50 (hora de Lisboa).

Ao final da tarde, Vladimir Putin é recebido por Cavaco Silva no Palácio da Ajuda para a inauguração oficial, seguida de visita guiada, da exposição "De Pedro, o Grande, a Nicolau II - Arte e Cultura do Império Russo nas Colecções do Hermitage".

O programa segue com um concerto de piano, previsto para as 20:30 e oferecido pelo presidente russo ao seu homólogo português e o tradicional banquete oficial, também no Palácio da Ajuda.

Esta exposição temporária, com 650 peças de arte, conterá artes decorativas, pintura, escultura e têxteis e será a maior mostra do museu de São Petersburgo no estrangeiro. Apresentada na Galeria D. Luís do Palácio da Ajuda, estará patente até final de Fevereiro de 2008.

Em paralelo com a visita oficial do presidente da Federação Russa, decorre quinta-feira em Lisboa, a partir das 11:00 (hora local), o 9º seminário económico Rússia-União Europeia, consagrado à análise das políticas e operações empresariais que podem estimular o crescimento das economias russa e europeia.

Com a participação do "pai" das privatizações que se seguiram à Perestroika, Anatoly Chubais, o seminário conta com as intervenções de José Sócrates e do ministro da Economia, Manuel Pinho, do vice-primeiro ministro russo Serguei Naryshkin e dos ministros da Indústria e Energia, Viktor Khristenko, e do Desenvolvimento Económico e do Comércio, Elvira Nabiuli, e do vice-presidente da Comissão Europeia, Guenter Verheugen.

No dia seguinte, a 26 de Outubro, Vladimir Putin participa na cimeira UE-Rússia, em Mafra, que se realiza em Portugal por o país exercer, até Dezembro, a presidência rotativa dos 27.

Esta é a segunda visita oficial de Vladimir Putin a Portugal, depois de em Novembro de 2004 o presidente russo ter quebrado mais de dois séculos de 'jejum' ao retribuir em Lisboa a visita de Estado que o presidente Jorge Sampaio fez à Rússia em Outubro de 2001.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.