UAç e MIT vão estudar autonomia energética do arquipélago


 

Lusa / AO Online   Regional   23 de Out de 2009, 18:58

A Universidade dos Açores vai associar-se segunda-feira ao MIT Portugal para o desenvolvimento de trabalhos de investigação sobre um modelo que permita a autonomia energética das ilhas do arquipélago.
"Estes trabalhos de investigação vão demorar cerca de um ano e meio, para que seja encontrado um modelo de sustentabilidade energética para os Açores, no âmbito do projecto Green Islands", afirmou Cabral Vieira, director regional de Energia, em declarações à Lusa.

O projecto Green Islands, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e que está a ser desenvolvido pelo MIT-Portugal, pretende tornar os Açores "mais sustentáveis" em termos energéticos.

Segundo o director regional de Energia, os trabalhos que serão realizados nos próximos 18 meses vão permitir fazer "a caraterização dos padrões de consumo energético nos Açores, o levantamento e a caracterização de todos os recursos renováveis passíveis de produção de energia", afirmou.

"Estamos a falar em concreto da geotermia, recursos hídricos, vento, biomassa, ondas e solar", especificou Cabral Vieira, acrescentando que o projecto vai também analisar "sistemas de transportes e alternativas de mobilidade", nomeadamente a questão do carro eléctrico.

O director regional adiantou que os estudos nos Açores servirão de "suporte a outros a desenvolver pelo MIT-Portugal, que incorporam um conjunto de universidades portuguesas", como é o caso do Instituto Superior Técnico, da Faculdade de Engenharia do Porto e do Instituto Superior de Economia e Gestão, além do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos EUA.

"No final, esperamos ter um conjunto de orientações estratégicas sustentáveis do ponto de vista energético, que utilizem ao máximo os recursos renováveis existentes, minimizando assim a utilização de combustíveis fósseis como fonte energética", frisou.

Cabral Vieira referiu ainda que a escolha dos Açores prende-se com as especificidades do arquipélago, permitindo que "qualquer nova tecnologia seja facilmente testada".

A cerimónia de assinatura do Protocolo de Cooperação entre a Universidade dos Açores, o Governo Regional e a Fundação para a Ciência e Tecnologia, no âmbito do desenvolvimento do Projecto Green Islands realiza-se segunda-feira, em Ponta Delgada.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.