Trump manda avião presidencial ir buscar urna de Bush ao Texas


 

Lusa/Ao online   Internacional   2 de Dez de 2018, 10:44

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ordenou que o avião presidencial vá ao Texas buscar a urna com os restos mortais do ex-presidente George H.W. Bush e a leve para a capital federal, onde decorrerão as cerimónias fúnebres.

O corpo do 41.º Presidente dos Estados Unidos (1989-1993), que morreu na sexta-feira, aos 94 anos, estará em câmara ardente no Capitólio a partir de segunda-feira à tarde e até quarta-feira de manhã, seguindo-se uma cerimónia na catedral nacional de Washington D.C. com a presença de Trump, indicaram hoje o Congresso norte-americano e a Casa Branca.

O Air Force One transportará Trump da Argentina, onde se deslocou para participar na cimeira do G20 (grupo dos 20 países mais industrializados do mundo), de volta aos Estados Unidos e, em seguida, “será preparado e enviado a Houston para ir buscar a urna do Presidente Bush e levá-la para Washington”, anunciou hoje o próprio chefe de Estado.

“Vamos enviar o Air Force One, é uma honra especial que ele merece amplamente”, acrescentou Donald Trump, em Buenos Aires.

Uma primeira cerimónia realizar-se-á na segunda-feira às 17:00 (22:00 de Lisboa), à chegada dos restos mortais do antigo Presidente à rotunda do Capitólio.

O público poderá acercar-se da urna para lhe prestar uma última homenagem das 19:30 de segunda-feira até às 07:00 de quarta-feira, precisaram os quatro mais altos responsáveis Democratas e Republicanos do Congresso em comunicado.

O programa completo das cerimónias fúnebres nacionais ainda não foi divulgado, mas espera-se que o seja em breve.

Após as exéquias na capital, os restos mortais de Bush regressarão ao Texas, onde será sepultado.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.