Açoriano Oriental
Migrações
Treze detidos após novo incêndio perto do campo na ilha de Lesbos

Treze pessoas foram detidas na ilha grega de Samos após um novo incêndio que ameaçou um campo de migrantes, dias depois do fogo que destruiu o acampamento de Moria na ilha de Lesbos.

Treze detidos após novo incêndio perto do campo na ilha de Lesbos

Autor: Lusa/AO Online

“Estamos a investigar o possível envolvimento desses suspeitos no incidente”, disse um polícia da ilha à agência de notícias francesa AFP.

A polícia não quis especificar a nacionalidade dos suspeitos.

O incêndio começou ao final do dia de terça-feira numa área arborizada perto do acampamento de Samos, mas os bombeiros conseguiram contê-lo.

Na semana passada, o campo de migrantes de Moria, o maior da Europa, inaugurado há cinco anos no auge da crise migratória, foi totalmente destruído por incêndios, deixando os seus 12.000 ocupantes sem abrigo.

A maioria dorme nas ruas, campos ou em prédios abandonados. Os migrantes recusam-se a ir para o novo acampamento criado nas proximidades de Moria, temendo não poder deixar a ilha uma vez lá dentro.

A polícia deteve seis migrantes que se acredita estarem ligados à tragédia, com algumas fontes a avançar que terá sido um ato deliberado.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.