TAP anuncia ligações para Moscovo, Varsóvia e Helsínquia a partir de Junho 2009

TAP anuncia ligações para Moscovo, Varsóvia e Helsínquia a partir de Junho 2009

 

Lusa / AO online   Economia   30 de Nov de 2008, 11:14

A TAP vai voar a partir de Junho para Moscovo, Varsóvia e Helsínquia, um investimento com o qual espera receber mais 50 mil novos turistas para Portugal, anunciou hoje a companhia aérea portuguesa em Macau.
    O anúncio foi feito durante a assinatura de um protocolo em Macau da TAP com a ANA - Aeroportos de Portugal, a Associação de Turismo de Lisboa e o Turismo de Portugal, com a presença do secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade.

    O protocolo foi assinado à margem do Copngresso da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo, que decorre entre hoje e quinta-feira, em Macau.

    A companhia aérea portuguesa irá fazer cinco ligações semanais para cada uma destas cidades, sendo que para Varsóvia aumentará para frequências diárias entre 22 de Julho e 06 de Setembro de 2009, disse Luíz Mor, administrador da TAP.

    Segundo a TAP, estes destinos estão a crescer relativamente a 2007.

    O número de hóspedes da Rússia em Portugal registou um aumento acima dos 30 por cento de 2007 para 2008, contabilizando 51.600 hóspedes e 200.200 dormidas no ano passado.

    A Polónia contabilizou 73.300 hóspedes e 259.100 dormidas em Portugal e apresentou um crescimento superior a 40 por cento até Setembro 2008 no número de dormidas em território nacional.

    Já a Finlândia registou 75.100 hóspedes e 369.600 dormidas em Portugal em 2007, e aumentou 26,9 por cento no número de hospedes e 14,6 por cento em dormidas até Setembro deste ano.

    Está previsto um investimento de um milhão de euros em campanhas de "marketing" nestas três rotas em três anos, sendo que em 2009 serão investidos mais de 600 mil euros, segundo foi anunciado em Macau.

    O protocolo de cooperação assinado hoje destina-se a promover o mercado turístico para Lisboa.

    O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, disse que este "é um momento de enorme significado para o turismo de Portugal"

    "É tempo de se preparar com tempo os principais mercados emissores e perceber as alterativas que se colocam a Portugal" e este investimento "pode ser um tónico para um ano de incerteza que vai ser 2009", disse Bernardo Trindade.

    Luiz Mor destacou o investimento da TAP na rota para a Federação Russa, sublinhando que "é um desafio com bastante ambição".

    "Cinco ligações é o mínimo para accionar as potencialidades do mercado", disse, revelando que a TAP também está empenhada nesta nova rota, para que Lisboa possa funcionar como plataforma da Rússia para o Brasil e para Angola.

    A TAP vai fazer a rota de Moscovo com o modelo Airbus A320 com um limite de peso, para que seja directo, usando apenas 75 por cento da capacidade do avião.

    O protocolo foi assinado por Luiz Mor (TAP), Guilermino Rodrigues, presidente da ANA, Luís Patrão, presidente do Turismo de Portugal, e Vítor Costa, director-geral da Associação de Turismo de Lisboa.

    A TAP passa assim a voar para 34 cidades em 18 países na Europa, além de nove cidades portuguesas servidas pela compannhia.

    Entre Janeiro e Outubro, a TAP transportou 7,5 milhões de passageiros, um aumento homólogo de 14 por cento face ao mesmo período de 2007.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.