Sporting de Braga ascende provisoriamente a vice e pressiona dérbi de Alvalade

Sporting de Braga ascende provisoriamente a vice e pressiona dérbi de Alvalade

 

Lusa/Ao online   Futebol   3 de Fev de 2019, 11:10

O Sporting de Braga venceu este sábado por 2-0 o Desportivo das Aves e ascendeu provisoriamente ao segundo lugar da I Liga de futebol, liderada pelo FC Porto, e colocou pressão no dérbi de Alvalade entre o Sporting e o Benfica.

A formação ‘arsenalista’, com 46 pontos, soma menos três do que o líder FC Porto, que domingo se desloca a casa do Vitória de Guimarães (quinto), e mais dois do que o Benfica (terceiro) e sete do que o Sporting (quarto), que se defrontam em Alvalade.

Marcelo Goiano, aos 60 minutos, e Paulinho, aos 66, marcaram os golos dos bracarenses, que somaram a terceira vitória consecutiva e impuseram a primeira derrota ao treinador Augusto Inácio, que vinha de duas vitórias consecutivas.

Com a derrota frente ao Sporting de Braga, o Desportivo das Aves caiu para a zona de despromoção, do 17.º para o 16.º lugar, com 18 pontos, os mesmos do Desportivo de Chaves (17.º), que venceu em casa por 1-0 o Marítimo.

O internacional bielorrusso Bressan marcou o único golo da partida, aos 70 minutos, permitindo ao Desportivo de Chaves somar pela primeira vez esta temporada duas vitórias consecutivas no campeonato.

Os flavienses mantiveram o 17.º lugar, mas agora com 18 pontos, mantendo-se abaixo da linha de manutenção, enquanto o Marítimo é 13.º, com 20, mas pode ser ultrapassado pelo Nacional (15.º, com 19 e menos um jogo).

O Boavista voltou às vitórias, após quatro derrotas consecutivas, a última das quais por 5-1 frente ao Benfica, ao bater o lanterna-vermelha Feirense, por 2-0, num jogo entre duas equipas na luta direta pela manutenção.

Os golos só surgiram na segunda parte, o primeiro pelo angolano Mateus, aos 57 minutos, e o segundo pelo estreante espanhol Alberto Bueno, ex-FC Porto, na cobrança irrepreensível de um livre direto, aos 82.

A formação ‘axadrezada’, com Lito Vidigal no banco, saiu da zona de despromoção e subiu provisoriamente ao 14.º lugar, com 19 pontos, tantos como os do Nacional (15.º), que domingo recebe o Vitória de Setúbal (11.º, com 20 pontos).

Sem David Simão, que saiu para o clube belga Antuérpia, e Rochinha, que foi para o Vitória de Guimarães, o Boavista ganhou hoje o espanhol Alberto Bueno e um novo ânimo para enfrentar o que falta do campeonato.

O Feirense está há 18 jornadas sem vencer e em casa do Boavista agravou a sua situação na tabela classificativa da I Liga, mantendo-se no 18.º e último posto, com 14 pontos, a quatro do Desportivo das Aves (16.º) e do Desportivo de Chaves (17.º).



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.