Rafael Botelho em grande ritmo no rali do Pico

Rafael Botelho em grande ritmo no rali do Pico

 

Susete Rodrigues/AO Online   Motores   18 de Out de 2018, 12:30

A sexta prova do Campeonato dos Açores de Ralis, o VII Pico Play/Auto Açoreana Rali, que decorreu no passado fim de semana, foi uma prova de grande nível para o jovem piloto Rafael Botelho, fruto da elevada competitividade demonstrada.

Organizada pelo Pico Automóvel Clube, a prova, que contou com classificativas extremamente rápidas, irregulares e muito sujas, evidenciou uma considerável evolução da dupla Rafael Botelho/Rui Raimundo, onde impuseram um elevado ritmo, rodando sempre muito perto do topo das 2 rodas motrizes, em que as diferenças foram mínimas.


A duas especiais do fim, a dupla - virtual vice-campeã dos Açores nas 2 rodas motrizes deste ano - teve um acidente, perdendo, consequentemente, o contacto com os líderes. No entanto, conseguiram continuar em prova e levaram o seu Citroën DS3 R3T, à sua melhor classificação absoluta de sempre, ou seja, ao segundo lugar do pódio.


Contas feitas, a dupla do Citroën DS3 R3T, foi 2ª geral absoluta, venceu o grupo RC3 e 2º lugar 2 rodas motrizes e terminou o seu 39º rali consecutivo, motivo de satisfação, como refere o piloto, citado em comunicado de imprensa: “Foi um rali de loucos. O ritmo do grupo da frente foi elevadíssimo, a margem é mínima e estamos a andar realmente muito depressa. Estou muito feliz com a minha evolução e por poder estar a andar desta maneira. Fizemos um grande rali. A margem para o Ruben foi mínima e conseguimos levar a luta pela vitória quase até os últimos troços”.


O piloto explica ainda que na primeira passagem pelo segundo troço da tarde “batemos forte num muro, felizmente sem danos estruturais, apenas de carroçaria, mas que deitou por terra as nossas aspirações a um melhor resultado a nível de diferença de tempos. Nessa altura, e passados mais de meio rali, estávamos só a nove segundos dos líderes. Após isso, limitamo-nos a levar o Citroën até ao fim e acabamos por, infortúnios à parte, conquistar o nosso melhor resultado de sempre, apesar de não o sentir, pois não é de momento, a nossa luta”.


Rafael Botelho felicita ainda os irmãos Rodrigues pela conquista do titulo nas 2 rodas motrizes, “titulo que nós últimos dois anos estava na minha posse. Este ano não revalidamos mas estou na mesma muito motivado porque neste momento o nível é muito superior. Tenho a perfeita noção que dificultamos, até onde podíamos, a vida ao Ruben e ao Estevão e perdemos de forma categórica, porque andamos cada vez melhor prova a prova”, finaliza em comunicado.


O Campeonato dos Açores de Ralis, segue para a 7ª e última prova, a ter lugar nos próximos dias 9 e 10 de novembro, na ilha de São Miguel, com a realização do “Lotus Rallye”.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.