Açoriano Oriental
PS reclama mais atenção ao Mar
Uma maior atenção da Política Marítima Europeia às oportunidades de desenvolvimento que o Mar proporciona aos Açores e à fronteira marítima e Atlântica que o arquipélago confere à União Europeia (UE) foi a reivindicação assumida ontem pelo candidato do PS/A ao Parlamento Europeu, durante a passagem pela ilha do Pico.
PS reclama mais atenção ao Mar

Autor: Luísa Couto
De acordo com informação disponibilizada pelo gabinete de imprensa do partido, Luís Paulo Alves recordou o facto de Portugal ter a maior Zona Económica Exclusiva da União Europeia para reclama mais protecção e fiscalização.

“A UE não se pode demitir destas responsabilidades”, assumiu, referindo os custos que tal atitude implica.
O candidato socialista insistiu nos argumentos lembrando ainda que os Açores são a “primeira linha de combate ao tráfico de droga por via marítima” e que isso é também “uma responsabilidade que terá de ser assumida pela UE”.

Durante uma visita a um operador de “Whale Watching” na Madalena do Pico, Luís Paulo Alves elogiou, também, a capacidade dos picoenses, que “conseguiram transformar os constrangimentos do passado em oportunidades”.

“A limitação da caça à baleia transformou-se numa actividade sustentável do ponto de vista ambiental e económico (Whale Watching), salientou o candidato do PS/A, para quem a ilha do Pico “faz a síntese dos Açores; Geografia, Ambiente, Património e sempre o Mar”.
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.