Proteção Civil emite alerta amarelo para o continente devido a chuva, vento e agitação marítima

Proteção Civil emite alerta amarelo para o continente devido a chuva, vento e agitação marítima

 

Lusa/AO Online   Nacional   27 de Set de 2013, 07:24

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu um alerta amarelo para esta sexta-feira, devido à precipitação de vento forte e agitação marítima, para alguns distritos do centro e sul.

 

De acordo com informação disponibilizada na página da internet da ANPC, o alerta, válido entre as 00:01 e as 20:00 de hoje, foi emitido para os distritos de Beja, Faro, Leiria, Lisboa, Santarém e Setúbal.

A situação meteorológica prevista para hoje, refere a ANPC, pode provocar a “formação de lençóis de água, cheias rápidas, danos de estruturas e queda de árvores”.

Com o alerta amarelo, o terceiro numa escala de cinco, “as pessoas devem manter-se informadas acerca das situações previstas, adotando as medidas de prevenção e adequação das suas atividades e comportamentos de modo a não correr perigos desnecessários”.

Devido à previsão para hoje de chuva e vento fortes, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou sob aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, todos os distritos de Portugal continental, com exceção do interior norte.

Os distritos de Vila Real, Bragança, Viseu e Guarda estão sob aviso amarelo, o segundo menos grave, também devido à previsão de chuva e vento.

O IPMA prevê para hoje céu muito nublado e a queda de chuva forte, passando a regime de aguaceiros, por vezes fortes. Para hoje, prevê-se também a possibilidade de ocorrência de trovoada, em especial a partir do início da tarde.

O vento deverá soprar moderado, entre 20 e 30 quilómetros por hora (km/h), sendo moderado a forte, de 30 a 45 km/h no litoral oeste, com rajadas da ordem dos 70 km/h, e forte a muito forte, de 45 a 65 km/h nas terras altas, com rajadas na ordem dos 100 km/h.

O IPMA prevê ainda para hoje uma pequena subida da temperatura mínima no litoral norte e centro, e uma descida da temperatura máxima, em especial nas regiões do interior.

Quanto às temperaturas, em Lisboa e no Porto prevê-se uma máxima de 22 graus Celsius, e em Faro de vinte e três.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.