Programa leva empresas açorianas a contratarem 419 estagiários

Programa leva empresas açorianas a contratarem 419 estagiários

 

Ana Carvalho Melo   Regional   13 de Nov de 2013, 10:44

O Programa de Incentivo à Inserção do Estagiar L e T (PIIE) permitiu a contratação de 419 jovens estagiários pelas empresas açorianas.

Para o vice-presidente do Governo dos Açores que se trata de "uma medida que pretende, por um lado, apoiar a transição para o mercado de trabalho dos jovens açorianos e, por outro, ajudar também as nossas empresas a contratarem jovens qualificados e, por esta via, a incrementar a sua competitividade.”

No âmbito do programa PIIE, 191 jovens que concluíram agora os seus estágios foram contratados pelo tecido empresarial da região, elevando para mais de quatro centenas as contratações feitas desde fevereiro.

“Nos últimos meses foi possível, após a conclusão do seus estágios, integrar nas empresas, com contrato de trabalho, 419 jovens, o que é uma demonstração da eficácia deste programa”, afirmou o Vice-Presidente do Governo Regional.

“Ao financiar o esforço que as empresas fazem de, após os estágios, acolherem os ex-estagiários, o Governo dos Açores está a cumprir esses dois objetivos”, sublinhou Sérgio Ávila, referindo-se à facilitação da integração de jovens no mercado de trabalho e ao apoio à contratação de recursos humanos que contribuam para a criação de emprego líquido nos Açores, “como se tem vindo a verificar nos últimos tempos.”

O Programa de Incentivo à Inserção do Estagiar L e T, criado pelo Governo dos Açores, permite a atribuição de um apoio financeiro às empresas que optam por celebrar contratos de trabalho com duração mínima de um ano com os jovens estagiários.

Os apoios atribuídos às empresas ascendem a 500 euros/mês, durante os primeiros seis meses, para os jovens licenciados, e a 350 euros/mês para os jovens titulares de cursos profissionais. Findo esse período o apoio ainda se estende por mais cinco meses, sendo atribuído um valor mensal de 250 euros.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.