Peças de filigrana portuguesa expostas em Belgrado


 

Lusa / AO online   Nacional   27 de Nov de 2007, 09:39

Oitenta trabalhos de filigrana de diplomados e alunos da Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos vão estar em exposição, em Belgrado, a partir do próximo dia 13 de Dezembro, disse à Lusa fonte da instituição.
Subsidiada pelo Instituto Camões e apoiada pela Embaixada de Portugal na capital da Sérvia, a presente mostra, que estará patente no Museu de Artes Aplicadas de Belgrado, inclui um núcleo com peças tradicionais de Póvoa de Lanhoso, e um outro com jóias contemporâneas criadas por designers portugueses.

A filigrana é uma técnica delicada com reconhecida importância em Portugal, nomeadamente em Póvoa de Lanhoso, quer pela qualidade que apresenta, quer pelo elevado número de pessoas que se dedica a esta actividade.

Esta acção insere-se num conjunto de actividades, realizadas, anteriormente, em parceria pela ESAD e pelo Museu do Ouro de Travassos, com o objectivo de reanimar a filigrana.

Entre aquelas actividades destaque, nomeadamente, para a Exposição Internacional Itinerante Leveza/Reanimar a Filigrana (2004/2005) e ainda o Congresso Internacional/Concurso Internacional Reanimar a Filigrana (2007).

Os trabalhos que serão expostos em Belgrado foram elaborados por diplomados e de actuais alunos da ESAD/Matosinhos, nomeadamente Ana Andrade, Ana Sofia Guimarães, André Rocha, Carla Castiajo, Carla Gomes, Catarina Silva, Evelyn Silva, Inês Mendes, Inês Sobreira, José Carlos Marques e Liliana Guerreiro.

Mafalda Vale, Margarida Teixeira, Mariana Carmona, Marlene Meireles, Marta Campos, Marta Diogo, Raquel Bartosch, Rita Garcez, Sofia Sobreira, Suzana Rezende, Tiago Almeida, Vanessa Veríssimo e Vera Manzoni completam a lista dos artistas representados nesta mostra, que estará patente na capital sérvia até 13 de Janeiro de 2008.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.