“Partidos do centro não podem continuar a perder a sua identidade”

“Partidos do centro não podem continuar a perder a sua identidade”

 

Paulo Simões   Regional   8 de Fev de 2019, 09:00

Sofia Ribeiro, deputada açoriana eleita pelo Partido Social Democrata apresenta o balanço do trabalho desenvolvido ao longo dos últimos cinco anos na União Europeia. Conta que sempre focou o seu trabalho nas pessoas e destaca evolução nos apoios para as regiões ultraperiféricas.

Ao longo deste mandato que agora termina teve a oportunidade de, enquanto relatora, negociar diversos relatórios. Que efeito prático tiveram esses documentos e em que áreas incidiram?


É nas Comissões Parlamentares a que pertencemos que temos a possibilidade de intervir diretamente como negociadores, o que, no meu caso, respeita ao Emprego e Assuntos Sociais e à Agricultura e Desenvolvimento Rural, apesar de ter apresentado muitas propostas de alteração nas restantes áreas, com resultados positivos. Em já quase cinco anos, muito foi feito, mas de uma forma muito sintética, destaco que conseguimos uma majoração ao financiamento, exclusiva para as Regiões Ultraperiféricas, para as ajudas à promoção e distribuição, nas nossas escolas, de leite, frutas e hortícolas, bem como para os casos em que comercializem entre elas produtos com esse fim, salvaguardando que se dê primazia aos produtos locais.


Pode ler na íntegra a entrevista na edição desta sexta-feira, 8 de fevereiro 2019, do jornal Açoriano Oriental





Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.