CGD

Parlamento reserva 14 de fevereiro para analisar eventual nova comissão de inquérito

Parlamento reserva 14 de fevereiro para analisar eventual nova comissão de inquérito

 

Lusa/AO Online   Economia   30 de Jan de 2019, 11:51

A conferência de líderes reservou  o dia 14 de fevereiro para o debate de uma nova comissão parlamentar de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos (CGD), depois de o CDS-PP ter apresentado uma proposta nesse sentido.

Além do CDS-PP, também o BE manifestou, na conferência de líderes, intenção de apresentar uma proposta de inquérito e os socialistas disponibilidade para dar contributos.

Segundo o porta-voz da conferência de líderes, o social-democrata Duarte Pacheco, ficou acordado que estes partidos – PSD e PCP não tomaram posição - tentarão chegar a um texto o “mais abrangente possível, para evitar a profusão de iniciativas” sobre o mesmo tema.

A iniciativa, ou iniciativas, terão ainda de ser admitidas pelo presidente da Assembleia da República e só depois Ferro Rodrigues agendará formalmente a discussão sobre a comissão.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.