Açoriano Oriental
Município de Santa Cruz da Graciosa avança com canil de 350 mil euros em 2020

O município de Santa Cruz, na ilha Graciosa, nos Açores, conta com um orçamento de 5,3 milhões de euros para 2020, estando a construção de um canil municipal e de um campo de futebol entre as prioridades.

article.title

Foto: Direitos Reservados
Autor: Lusa/AO Online

“Vamos construir o canil municipal, que é uma obra da maior importância para apoio às associações ambientalistas, em termos da proteção dos animais. Vamos construir um parque de campismo em Santa Cruz e vamos lançar um concurso para um novo campo de jogos com relvado sintético”, adiantou o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, Manuel Avelar Santos, em declarações à Lusa.

O orçamento, aprovado em assembleia municipal com os votos favoráveis do PS e os votos contra do PSD, é de 5,3 milhões de euros, menos 700 mil euros do que o montante orçamentado para 2019.

“Há uma diminuição que tem a ver com fundos comunitários. O canil municipal não é apoiado, é uma obra de 350 mil euros mas vamos à banca para o financiar. Também o campo de jogos é com orçamento municipal”, justificou o autarca.

O vereador social-democrata António Reis, que falou pelo PSD, justificou o voto contra, em reunião camarária e em assembleia municipal, com a alegação de o município não executar as obras inscritas, inclusive algumas que transitaram mesmo “de mandatos passados”.

“O que está lá são projetos de que a Graciosa precisa, só que nós quando olhamos para o que se tem passado ao longo dos anos e percebemos que as obras são inscritas nos orçamentos, mas mesmo que seja com boa vontade sabemos que não são para cumprir”, sustentou.

O canil municipal foi um dos motivos de discórdia entre PS e PSD, com os social-democratas a considerarem que, apesar de a obra ser necessária, o projeto é “megalómano” e pode “hipotecar projetos futuros fundamentais”, mas Manuel Avelar Santos salientou que o projeto inicial custava “mais de meio milhão de euros” e foi reformulado.

“O que existe está em mau estado. É mesmo urgente construir”, apontou o autarca socialista, alegando que a obra tem de respeitar determinados requisitos.

Entre as obras previstas para 2020 no concelho de Santa Cruz, o único da ilha Graciosa, estão também a requalificação de calçadas e pauis, de uma estrada que passa pelo parque empresarial e da zona marítima entre o Degredo e Santa Catarina, bem como o lançamento do concurso para uma nova fase da remodelação da rede de águas, na freguesia de Guadalupe.

“É uma rede muito antiga, possivelmente com mais de 40 anos, que precisa de ser requalificada”, frisou o autarca.

Manuel Avelar Santos destacou também a manutenção das medidas de caráter social, como a atribuição de 12 bolsas de estudo e de um o apoio à natalidade, que poderá ser reforçado nos próximos anos.

“Os apoios à natalidade mantêm-se. Temos propostas para os alterar. Possivelmente no próximo ano iremos criar uma equipa para estudar o regulamento e melhorá-lo”, afirmou, revelando que atualmente são atribuídos 500 euros, no máximo, por cada bebé, desde que os pais adquiram produtos no comércio local.

Segundo o autarca, as taxas municipais não vão sofrer alterações em 2020 e a dívida da câmara municipal situa-se nos 1,2 milhões de euros, havendo ainda capacidade de endividamento.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.