Açoriano Oriental
Metade das cirurgias nos Açores ultrapassam tempo máximo legal

Em outubro, estavam em lista de espera para fazer uma cirurgia nos três hospitais dos Açores 11 364 utentes, mais 1027 que em maio de 2018. Foram operados 1004 doentes, dos quais 48,3% fizeram a cirurgia após o prazo previsto em portaria.

article.title

Foto: Direitos Reservados
Autor: Paula Gouveia

O número de utentes em lista de espera para realizar uma cirurgia nos três hospitais aumentou desde maio de 2018, mês a que se refere o último boletim que havia sido divulgado até ontem. E, apesar de ter crescido a produção cirúrgica, cerca de metade dos utentes operados esperaram para além do tempo máximo estabelecido em portaria.


Os dados divulgados ontem pela Secretaria Regional da Saúde referentes às listas de inscritos para cirurgia mostram que, em outubro deste ano, 11364 pessoas estavam em lista de espera, quando em maio, estavam a aguardar a realização de uma cirurgia 10 337 utentes, ou seja mais 1027 doentes que em maio do ano passado.


Ler mais na edição desta quarta-feira, 13 novembro 2019, do jornal Açoriano Oriental


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.