Telecomunicações

Mercado português de telecomunicações com pressão acrescida


 

Lusa/AO online   Economia   24 de Dez de 2010, 11:07

A agência de notação financeira Fitch anunciou que o mercado português de telecomunicações sofrerá uma pressão acrescida em 2011 devido ao "prolongado período de austeridade" e ao menor rendimento dos cidadãos.
A Fitch sublinha, todavia, que não existe relação directa entre o rating de Portugal (A+) e o da Portugal Telecom (PT) (BBB), embora o rating "possa ser influenciado" pela "confiança dos consumidores".

Em nota hoje divulgada, a agência de notação financeira alerta que as receitas em 2010 deverão cair 3 por cento, com a rede móvel a recuar 6 por cento no ano que agora termina.

Em 2011, a PT "poderá assistir a uma rápida deterioração nas receitas domésticas"

A Fitch assinala no entanto que a situação de liquidez da empresa gerida por Zeinal Bava é boa, em particular devido aos 4,5 mil milhões de euros da primeira tranche resultante da venda da Vivo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.