Internet

Mercado negro movimenta 70.000 ME por ano em todo o mundo


 

Lusa / AO online   Economia   12 de Out de 2009, 17:47

O mercado negro na Internet, compras de dados de cartões de crédito ou envios de e-mail em massa, movimenta cerca de 70.000 milhões de euros cada ano em todo o mundo, segundo estimativas da empresa de segurança informática GData.
Um estudo elaborado por esta empresa, cujos profissionais estudaram este Verão os meios da delinquência digital, mostra que estes negócios fraudulentos na Internet estão "perfeitamente organizados".

O estudo pormenoriza, por exemplo, os preços de cada "produto": até 300 euros para os dados roubados de um cartão de crédito ou até 800 euros para o envio de um milhão de e-mail em massa não -solicitados, o chamado "spam".

Segundo a GData, estes negócios realizam-se em fóruns ou lojas ilegais, apoiados em serviços de alojamento "seguros" facilitados por delinquentes, onde se oferecem serviços e se põem em contacto vendedores e compradores.

No caso das "lojas", acrescentam os autores do estudo, algumas são tão "profissionalizadas" que oferecem descontos, fazem publicidade na rede ou devolvem o dinheiro se, por exemplo, os dados do cartão de crédito que forneceram, não funcionam.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.