Mário Leal reeleito como membro da Associação Internacional de Trail Running.

Mário Leal reeleito como membro da Associação Internacional de Trail Running.

 

AO Online   Regional   14 de Jul de 2019, 10:40

Mário Leal, que representa os organizadores portugueses no organismo internacional, vai integrar a sua Direção nos próximos 4 anos.

Mário Leal, coordenador do Azores Trail Run e diretor de todas as provas sob a tutela da marca, foi reeleito, no passado mês de junho, para a Direção da ITRA – Associação Internacional de Trail Running. 

Trata-se da entidade que regula o trail running dentro da IAAF (International Association of Athletics Federations), organismo máximo a nível internacional no que ao atletismo diz respeito. 

Mário Leal já havia sido eleito em 2017 para a Direção do organismo, e volta agora a incluir o seu elenco diretivo, até 2023, na qualidade de representante dos organizadores de provas de trail running portugueses.

A eleição da Direção está a cargo da Assembleia Geral, onde marcam presença os representantes de organizadores e atletas de todo o mundo, bem como os membros permanentes da ITRA. Ao serviço da Direção da ITRA, Mário Leal vai partilhar com os demais membros um papel importante na definição da evolução do trail running a nível mundial, bem como a responsabilidade de garantir que são acautelados os interesses dos atletas de todos os países representantes. 

Para o coordenador do Azores Trail Run , esta reeleição vem demonstrar o papel cada vez mais preponderante do trail em Portugal, e em particular nos Açores, no panorama internacional. “O meu objetivo passa, acima de tudo, por garantir uma boa representação do nosso país e da nossa região ao mais alto nível das decisões que regulam o trail a nível internacional, trabalhando, com os outros membros, para que este desporto continue a crescer de forma saudável e sustentável em todo o mundo”, refere.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.