Mapfre lucra 743,4 milhões de euros até Setembro


 

Lusa / AO online   Economia   27 de Out de 2009, 11:44

 O resultado líquido do grupo espanhol Mapfre subiu 4 por cento em termos homólogos para 743,4 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, enquanto as receitas cresceram 10 por cento para 14,35 mil milhões de euros.
"O negócio internacional (incluindo o resseguro) continua a ser o motor de crescimento do Grupo, aportando já 50 por cento dos prémios e mais de 32 por cento do lucro", anunciou hoje a Mapfre em comunicado de imprensa, frisando que "no negócio doméstico, registou-se uma subida significativa no seguro de vida e um abrandamento na descida dos prémios em relação ao trimestre anterior".

Os prémios do grupo segurador subiram 11,6 por cento para 11,9 mil milhões de euros, com o negócio internacional a crescer 26 por cento face a igual período do ano passado (6,2 mil milhões de euros em prémios).

"Nestes primeiros nove meses do ano, a MAPFRE aumentou os seus fundos próprios em 16,5 por cento até aos 5.908,5 milhões de euros, e reduziu o seu endividamento em 657,9 milhões de euros. Nos últimos doze meses, o endividamento foi reduzido em 1.030,4 milhões de euros", destacou a seguradora.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.