Açoriano Oriental
Açores/Eleições
Líder do PAN confia que partido vai eleger dois deputados

O porta-voz nacional do PAN, André Silva, disse este domingo que o partido vai “fazer a diferença, com certeza, a partir da próxima semana, na Assembleia Legislativa Regional dos Açores”, com a eleição de dois deputados.

Líder do PAN confia que partido vai eleger dois deputados

Autor: AO Online/ Lusa

“Vamos fazer a diferença, com certeza, a partir da próxima semana, na Assembleia Legislativa Regional dos Açores”, afirmou André Silva.

O porta-voz do Partido das Pessoas, Animais e Natureza, que falava aos jornalistas em Ponta Delgada, afirmou ainda que está “confiante” na eleição e que acredita que o partido vai conseguir chegar “aos dois eleitos”.

André Silva confessou que “é por demais evidente, ou é expectável, que o Partido Socialista possa vir a ganhar as eleições”, mas questiona “se vai ganhar com ou sem maioria absoluta”.

“Sabemos que temas diferentes, temas disruptivos, temas que é preciso trazer com coragem, só o PAN é que o conseguirá fazer, até porque o PSD deixou de ser um partido de oposição”, prosseguiu.

E, segundo o líder nacional do partido, esses temas vão chegar ao parlamento açoriano, porque “os açorianos, hoje em dia, conhecem o PAN dos Açores, reconhecem no Pedro Neves [porta-voz regional e candidato pelos círculos de São Miguel e de compensação] a competência e a responsabilidade para o elegerem enquanto representante do povo”.

Numa ação de campanha que decorreu hoje, nas Portas do Mar, em Ponta Delgada, os representantes do partido a nível nacional e regional tiveram de se esforçar para se darem a conhecer, já que, em vários dos grupos que abordaram, as pessoas afirmaram não conhecer o partido ou as suas propostas.

A abordagem mostrou ser confusa para pessoas como a Andreia: “Isso vem já desde o continente. Porquê o seu interesse nos Açores?”, indagou a jovem, que estava acompanhada por uma amiga.

Esclarecido o funcionamento da estrutura partidária e apresentado o rosto do candidato por São Miguel às eleições regionais, as duas jovens que aproveitavam o sol de fim de tarde numa esplanada acabariam depois a explorar as redes sociais do partido.

“Agora tenho uma ideia diferente de em quem votar”, afirmou Andreia, depois de responder com um “claro!”, quando questionada pela agência Lusa sobre se tencionava ir votar.

André Silva espera que o partido eleja deputados, “seja pelo círculo de São Miguel, seja pelo círculo de compensação”, e destaca que, “por isso, é fundamental que todos os votos, desde o Corvo até São Miguel, sejam tidos em conta para o PAN”.

E deixou elogios a um sistema eleitoral que, há quatro anos, quase garantia a eleição de um deputado a este partido: “Estamos na região do país mais progressista em termos daquilo que é o nosso sistema eleitoral. O sistema eleitoral dos Açores é um sistema exemplo, que devia ser, inclusivamente, estendido à República, na medida em que não desperdiça votos”.

As legislativas dos Açores decorrem em 25 de outubro, com 13 forças políticas candidatas aos 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional: PS, PSD, CDS-PP, BE, CDU, PPM, Iniciativa Liberal, Livre, PAN, Chega, Aliança, MPT e PCTP/MRPP. Estão inscritos para votar 228.999 eleitores.

O PAN concorre por sete dos dez círculos, não apresentando listas nos círculos das ilhas do Corvo, Graciosa e Santa Maria.

No arquipélago, onde o PS governa há 24 anos, existe um círculo por cada uma das nove ilhas e um círculo de compensação, que reúne os votos não aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.