Homem detido em Arouca por espalhar brasas no mato para "propagar fogo"


 

Lusa/Ao online   Nacional   5 de Mar de 2019, 13:14

Um homem foi detido em Arouca, pelo crime de incêndio florestal, quando estava a “espalhar brasas numa zona de mato”, levando o fogo que iniciou a propagar-se “para junto de habitações”, revelou esta terça feira a GNR de Aveiro.

O homem, de 34 anos, “foi detido em flagrante delito” no concelho de Arouca, distrito de Aveiro, por militares do Posto Territorial de Cesar da Guarda Nacional Republicana (GNR), esclarece o Comando Territorial de Aveiro, em comunicado.

A detenção aconteceu quando, “durante a realização de uma queimada”, o homem começou, “propositadamente, a espalhar brasas por uma zona de mato, propagando o incêndio para junto de habitações, o que levou à sua detenção”, acrescentou a GNR.

De acordo com a mesma fonte, a detenção aconteceu na sexta-feira e o homem já foi presente ao Tribunal de Vale de Cambra, que lhe decretou a medida de coação de “apresentações periódicas em posto policial da sua área de residência”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.