Segurança

Guardas-nocturnos já podem andar armados


 

Lusa / AO online   Nacional   16 de Ago de 2010, 18:44

Os guardas-nocturnos já podem usar armas de fogo em serviço, depois de terem frequentado o Curso de Formação Técnica e Cívica da PSP para portadores de armas de fogo, anunciou hoje a Associação Sócio-Profissional dos Guardas-Nocturnos.
Em comunicado, a associação refere que os guardas-nocturnos andam armados durante o serviço com armas de defesa pessoal, pistola ou revólver.

Contudo, o uso de armas mereceu dúvidas quanto à forma de uso, tendo o director nacional adjunto da PSP emitido uma circular, no dia 02 deste mês, a autorizar os guardas-nocturnos a andar com a arma à cintura, anulando uma circular anterior que proibia essa mesma medida.

A associação aguarda uma resposta do Ministério da Administração Interna sobre o uso da arma em serviço, pois considera que estas devem voltar a ser fornecidas pelo Estado e que os guardas-nocturnos sejam isentos de licença de uso e porte de arma de serviço tal como já aconteceu.

Actualmente, os guardas-nocturnos estão sujeitos a uma licença administrativa, para poderem desempenhar as funções, com armas da classe B1, calibre inferior ao que foi autorizado até Agosto de 2009.

Em Portugal existem cerca de 400 guardas-nocturnos

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.