Para equlibrar distribuição

Fornecimento de água na Terceria com cortes pontuais


 

Lusa/AO online   Regional   22 de Ago de 2008, 16:02

Os Serviços Municipalizados de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, iniciaram  cortes no abastecimento de água, para equilibrar a distribuição, uma vez que as reservas para consumo público estão a cerca de 15 a 20 por cento.
A presidente da administração dos Serviços Municipalizados adiantou à agência Lusa que os cortes “planeados” vão manter-se, provavelmente, durante três semanas, por períodos aproximados de 24 horas, alternadamente, mas não abrange a totalidade da população, apenas 40 por cento.

    "Dada a falta de chuva, a água disponível nos pontos de abastecimento representa apenas cerca de 15 a 20 por cento daquela que é a sua captação máxima", afirmou Sofia Gonçalves, lembrando que não se trata de uma avaria.

    Segundo a responsável, devido à falta de água na origem, já existiam alguns munícipes sem água, o que obrigou à implementação deste plano de interrupções.

    Sofia Gonçalves assegurou que a população foi consciencializada e informada para os cortes planeados de água que vão ocorrer, uma situação que vai acontecer até estarem concluídas as obras de ligação de um quinto furo à rede, que se prevê dentro de três semanas.

    "Este plano foi elaborado de forma a minimizar impactos nas zonas mais afectadas e para garantir o abastecimento a espaços prioritários, como o hospital, centro de saúde, centros de idosos ou crianças", referiu.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.