Açoriano Oriental
Covid-19
Federação de Ginástica de Portugal prescinde de vários europeus

A Federação de Ginástica de Portugal (FGP) revelou ter prescindido de apresentar seleções em diversos campeonatos da Europa, justificando a decisão com as implicações da covid-19.

Federação de Ginástica de Portugal prescinde de vários europeus

Autor: Lusa/AO Online

“Estando a direção da FGP plenamente consciente do empenho e sacrifício demonstrado por ginastas e treinadores durante esta crise pandémica, num esforço de se manterem aptos para a competição internacional ao mais alto nível, tomou a decisão de não participar nos Campeonatos da Europa” por realizar ainda em 2020, refere o organismo.

Em causa os europeus de ginástica rítmica no final de novembro em Kiev, na Ucrânia, e também os europeus de ginástica artística, de ambos os sexos, estava previsto para a primeira quinzena de dezembro, em Mersin, Turquia.

“São países com uma evolução epidémica desfavorável e com sistemas de saúde relativamente frágeis, não falando a maioria da população outra língua que não a materna”, justificou a FGP.

Paralelamente, é referida a possibilidade de, em caso de infeção, os membros da comitiva lusa terem de cumprir períodos de quarentena que se sobrepõem ao natal e ano novo.

A FGP recorda ainda que “nenhum objetivo desportivo, por mais ambicioso que seja se deve sobrepor à preservação da saúde e bem-estar de ginastas, treinadores e demais agentes desportivos implicados”.

Face a esta decisão, a direção federativa vai solicitar aos diretores técnicos destas disciplinas para criarem momentos de treino, competição ou outros, “ajustados à realidade sanitária atual, por forma a promover o equilíbrio emocional de ginastas e treinadores”.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.