Açoriano Oriental
Covid-19: Novo caso positivo, nova recuperação e mais uma saída da região

O caso diagnosticado reporta-se a uma mulher com 23 anos de idade, que desembarcou na Região a 31 de agosto proveniente do território continental tendo realizado teste à chegada com resultado negativo. Sendo contacto próximo de alto risco de um caso positivo diagnosticado à chegada à região foi novamente testada obtendo resultado positivo.

Covid-19: Novo caso positivo, nova recuperação e mais uma saída da região

Autor: AO Online/ GaCS

A Autoridade de Saúde Regional informa que, decorrentes das 1.195 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas, foi diagnosticado um caso positivo de COVID-19 na ilha de São Miguel e registada uma recuperação.

O caso diagnosticado reporta-se a um indivíduo do sexo feminino, com 23 anos de idade, que desembarcou na Região a 31 de agosto proveniente do território continental tendo realizado teste à chegada com resultado negativo. Sendo contacto próximo de alto risco de um caso positivo diagnosticado à chegada à região foi novamente testada obtendo resultado positivo.

O caso apresenta situação clínica estável e foram já diligenciados, pela Delegação de Saúde Concelhia, os procedimentos definidos para caso confirmado, testagem e vigilância de contactos próximos.

De registar um caso recuperado na ilha de São Miguel de um indivíduo do sexo masculino, com 55 anos de idade, elevando, assim, para 160 os casos recuperados da doença COVID-19 na Região.

De notar, ainda, que um indivíduo do sexo masculino, não residente, com 30 anos de idade, cumprindo os critérios de cura para a COVID-19 em território continental, saiu da Região, regressando, assim, à origem.

Assim, até ao momento, foram detetados na Região 229 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, verificando-se, atualmente, 28 casos positivos ativos, 24 na ilha de São Miguel, três na ilha Terceira e um na ilha do Pico.

As medidas de prevenção e contenção da pandemia devem ser mantidas e reforçadas, sempre que possível, por cidadãos e organizações públicas, privadas e do setor social.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.