Indicadores

Confiança e actividade económica pioram em Setembro e Outubro


 

Lusa/AO online   Economia   19 de Nov de 2008, 11:49

A economia portuguesa apresentou sinais de deterioração em Setembro e Outubro, com a confiança a cair e com o indicador de actividade económica a voltar a abrandar, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quarta-feira.
A síntese económica de conjuntura de Outubro mostra que o indicador de clima económico, que reúne informação sobre a confiança da indústria, construção, comércio e serviços, recuou 0,3 por cento em Outubro, depois de pelo menos seis meses consecutivos de crescimentos positivos, ainda que sempre em abrandamento.

    O mesmo documento mostra que o indicador da actividade económica desacelerou em Setembro, ao crescer 0,1 por cento, depois de ter subido 0,4 por cento em Agosto. Este foi pelo menos o quinto abrandamento mensal consecutivo deste indicador.

    Só ao nível do consumo, a confiança voltou a ser negativa recuando ainda mais (passou de menos 43 pontos, em Setembro,) para menos 43,1 pontos, em Outubro).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.