Confederações sindicais e patronais reúnem-se hoje com ministra

Confederações sindicais e patronais reúnem-se hoje com ministra

 

Lusa/AO Online   Economia   17 de Nov de 2009, 05:23

As confederações sindicais e patronais têm hoje o seu primeiro encontro com a ministra do Trabalho, a quem vão apresentar as suas propostas para a legislatura, que coincidem em torno da formação profissional e protecção no desemprego.

As duas centrais sindicais vão aproveitar o encontro para entregar à ministra Helena André os cadernos reivindicativos e para lhes manifestar as suas precupações relativamente ao desemprego e ao emprego.

Aumentos salariais de três por cento para os salários e de 4 por cento para as pensões abaixo dos 628 euros, bem como a aposta na qualificação profissional para combater a precariedade e para promover a competitividade das empresas são algumas das reivindicações da UGT para o próximo ano.

A CGTP, por seu lado, vai levar à ministra do Trabalho uma agenda concreta para a área do Trabalho e da Segurança Social e o seu documento revindicativo, que inclui 10 eixos estratégicos para mudar as políticas do país, de modo a promover o emprego, valorizar o trabalho e garantir melhores condições de vida aos portugueses.

As confederações patronais querem o alargamento do subsídio de desemprego aos empresários ainda este ano e o adiamento do código contributivo para 2011 e vão aproveitar a reunião no Ministério do Trabalho para defender estas ideias.

A Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) e a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) são unânimes na defesa do reforço da formação profissional e da sua adequação às necessidades do mercado de trabalho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.