Clube criado à boleia da final da Taça de Portugal

Clube criado à boleia da final da Taça de Portugal

 

Nuno Martins Neves   Outras modalidades   23 de Nov de 2018, 10:50

Morro Alto Sport Clube nasceu na ilha das Flores à conta da Extreme West Atlantic Trail, prova que decidirá o vencedor da Taça de Portugal

Têm o nome do ponto mais alto da ilha (914 metros) e prometem lutar pela promoção da prática regular do exercício físico nas Flores. O Morro Alto Sport Clube (MASC) foi criado há 15 dias, à boleia do Extreme WestAtlanticTrail, final da Taça de Portugal de trail running que se realiza este sábado, dia 24 de novembro, mas o clube já tem objetivos bem definidos.

Na origem do clube florentino esteve o gosto por atividades ao ar livre “partilhado por um grupo de amigos”, explica Bruno Correia, o presidente do MASC, clube direcionado para a prática e organização de eventos de trail running, corrida e ciclismo. “Queremos promover hábitos saudáveis de vida e combater o sedentarismo”, assinala.

Para os primeiros passos, Bruno Correia estipula como prioridades implementar e incrementar a prática desportiva e recreativa nas três modalidades referidas, com o “olho” na organização de provas no Grupo Ocidental (Flores e Corvo).


Leia mais na edição desta sexta-feira, 23 novembro, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.