China desmantelou a maior rede de pornografia na Internet com apoio dos EUA

China  desmantelou a maior rede de pornografia na Internet com apoio dos EUA

 

Lusa/AO Online   Internacional   25 de Ago de 2011, 07:44

As forças de segurança da China, com o apoio das homólogas norte-americanas, desmantelaram a maior rede de pornografia na Internet em língua chinesa, que incluia conteúdos pedófilos, depois de meses de trabalho conjunto.

De acordo com a agência oficial chinesa Xinhua, que cita um comunicado do Ministério chinês da Segurança Pública, que trabalhou nesta operação com o FBI, o fundador da rede, Wang Yong, foi detido a 23 de junho nos EUA e outros 10 suspeitos foram presos na China.

Wang, natural da província de Fujian, iniciou alegadamente as suas atividades relacionadas com a pornografia em 2002 ao criar nos EUA um portal na Internet intitulado “Pornografia 99”, que deu depois origem a uma rede com 48 sítios em língua chinesa, com mais de 10 milhões de membros registados, designada “União do Sol e Entretenimento”.

Alguns desses sítios ofereciam conteúdos com menores e suspeita-se que poderão ter ligações com redes de prostituição infantil.

Esta foi a primeira vez que as autoridades chinesa e americana trabalharam juntas numa operação de combate à pornografia.

A China, onde a pornografia é proibida, é o país com mais internautas do mundo e também um dos que mais restringe o acesso à informação na rede.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.