CDU acusa "partidos do poder" de "comprar" votos em Ponta Delgada

CDU acusa "partidos do poder" de "comprar" votos em Ponta Delgada

 

Lusa/AO online   Regional   26 de Set de 2013, 15:08

O candidato da CDU à presidência da Câmara de Ponta Delgada, nos Açores, acusou os partidos "que têm estado no poder" de usarem dinheiro "de forma pouco transparente para comprar votos" e apelou à mudança no domingo.

“Os partidos que têm estado no poder, quer no Governo Regional, quer nas autarquias dos Açores, têm andado a distribuir dinheiro e benesses. Têm andado a fazer uma autêntica distribuição de esmolas. Nessa distribuição de dinheiro, que gastam de um modo pouco transparente, esse dinheiro tem servido para comprar votos”, afirmou Carlos Ribeiro.

O candidato autárquico pela CDU reservou a tarde de quinta-feira para contactos com a população no centro da cidade de Ponta Delgada, ilha de S. Miguel, e uma arruada na avenida marginal.

Para Carlos Ribeiro, que se candidata pela segunda vez à presidência do município, a CDU “não promete casas, nem dá cimento”, porque quer “que as pessoas tenham direito àquilo de que necessitam e que a sua vida sócio económica e familiar enquadra”.

“O dinheiro é para ser utilizado com parcimónia, rigor, transparência e justiça”, disse o candidato, alegando que este deveria ser usado “para recuperar património, reabilitar o imobiliário e atividades produtivas de maneira a criar emprego e desenvolver harmoniosamente as freguesias e o concelho”.

Carlos Ribeiro referiu que a campanha da CDU tem decorrido num “ambiente de mudança”, em que “é preciso tirar os fazedores da política até hoje da cena pública”, sendo que as reais expectativas da coligação (PCP e Os Verdes) para as eleições de 29 de setembro são aumentar o seu nível eleitoral.

“O PS, PSD e CDS-PP, neste momento, não têm culpa de nada. Eles até apresentam soluções, que não são soluções mas sim pura propaganda para os erros que cometeram no passado”, disse o candidato comunista, apelando ao voto “na mudança e inovação”.

Os outros candidatos à câmara de Ponta Delgada nas eleições de domingo são Kol de Carvalho (BE), Pedro Pereira (CDS-PP), José Contente (PS) e José Manuel Bolieiro (PSD, atual presidente da autarquia).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.